Um guia de como criar vídeos de treinamento e tutoriais

Você prefere aprender uma habilidade lendo um manual ou assistindo a um vídeo no YouTube?

De acordo com um estudo do Google, os usuários têm três vezes mais chances de assistir a um vídeo tutorial no YouTube do que ler as instruções de um produto.

Seja qual for o seu setor, vídeos educacionais podem ser o melhor método para fornecer conhecimento. Neste guia, eu vou analisar passo a passo todo o processo de criação de um vídeo para que você possa criar vídeos incríveis que transmitam a sua mensagem.

Mas antes de vermos como criar vídeos informativos, vamos dar uma olhada no significado de um vídeo tutorial para que tenhamos uma compreensão clara do conceito.

O que é um vídeo tutorial?

Um vídeo tutorial é um vídeo educacional que demonstra um processo, explica um conceito ou fornece um guia de um produto ou serviço para transferir conhecimento para quem está assistindo ao vídeo. Hoje em dia, qualquer setor pode criar vídeos educacionais ou vídeo tutoriais. Dois exemplos de vídeos educacionais que você pode fazer incluem:

1- Vídeo tutoriais

Às vezes chamados de “how-to”, os vídeo tutoriais são vídeos educacionais que são muito usados para ensinar um processo ou fornecer instruções passo a passo. Vídeo tutoriais geralmente têm uma duração de dois a 10 minutos.

O que torna um vídeo tutorial bom?

Os elementos essenciais que tornam um vídeo de treinamento, vídeo tutorial ou uma demonstração de software bons incluem:

  1. Clareza
  2. Ritmo correto
  3. Tom amigável e convidativo
  4. Apresentação de alta qualidade

Observe que é crucial entregar valor com os seus vídeo tutoriais. Só porque alguém está explicando algo não significa que se trata de um bom tutorial.

2- Vídeos de treinamento

Vídeos de treinamento são um tipo de vídeo educacional feito para treinar funcionários e melhorar as habilidades deles no ambiente de trabalho. A maioria das empresas cria vídeos de treinamento para treinar os funcionários sobre assuntos como assédio e compliance, ou ainda questões relacionadas ao cargo, como treinamento de software ou hardware.

Esses vídeos podem ser vídeos interativos e muitas vezes eles contam com imagens de pessoas reais para criar uma conexão entre o instrutor e o aprendiz.

Para saber mais sobre onboarding de funcionários, sugerimos que você leia o nosso artigo Onboarding de novos funcionários – O guia definitivo.

Também há outros tipos de vídeos educacionais, incluindo:

  • Vídeos explicativos
  • Vídeos de apresentação
  • Microvídeos
  • Vídeos de gravação da tela

No entanto, neste artigo vamos discutir apenas os vídeo tutoriais e vídeos de treinamento em detalhes.

Portanto, voltando ao ponto inicial, como você produz um bom vídeo tutorial?

Quer usar vídeos para fazer o onboarding de novos usuários/funcionários no seu produto novo?

Vídeo tutoriais podem ser utilizados para fazer o onboarding de novos usuários e funcionários em um produto novo.

Para fazer isso, não deixe de conferir o nosso guia de como fazer o onboarding de usuários com vídeos:

Leia: Um guia para o onboarding em vídeo + 10 exemplos

Como criar vídeo tutoriais

A maioria das pessoas começa a fazer vídeo tutoriais sem ter um bom plano em mente, e como você deve imaginar, eles acabam criando tutoriais de baixa qualidade que não são úteis para os usuários.

Se estiver começando a criar vídeo tutoriais, considere que gravações de tela são a forma mais fácil de iniciar a sua jornada. À medida que for melhorando as suas habilidades, você poderá começar a criar outros vídeos, como um vídeo de “cabeça falante”, no qual você só mostra o seu rosto enquanto explica um conceito.

Ou você pode considerar as nossas dicas como um guia e planejar os seus vídeos para ter os melhores resultados possíveis.

Mas qual é o segredo para criar vídeo tutoriais de dois a 10 minutos de duração que engajem os espectadores até o final e os ajudem a aprender?

Os passos essenciais para criar tutoriais de qualidade incluem:

  1. Conheça o seu público
  2. Escreva um roteiro e crie um storyboard como esboço
  3. Escolha as ferramentas certas
  4. Escolha o local certo para gravar
  5. Ensaie o roteiro
  6. Grave a narração
  7. Grave a tela
  8. Edite o vídeo
  9. Adicione uma introdução ao seu vídeo
  10. Compartilhe o seu vídeo tutorial com o mundo

Vamos analisar cada passo para ajudá-lo a aprender a criar vídeo tutoriais com sucesso.

Passo 1. Conheça o seu público

A primeira coisa a se fazer antes de começar a gravar é conhecer o seu público.

Quem é o seu público?

Eles precisam de ajuda com o quê?

Se você fornece um serviço ou produto, pergunte aos seus clientes onde eles têm dificuldade com o seu serviço e como você pode ajudar.

Se o seu objetivo é ensinar os seus alunos ou dar um curso, pergunte aos seus alunos o que eles esperam ganhar com o seus cursos.

Você está treinando novos funcionários? Pergunte a si mesmo o que eles precisam saber para fornecer o máximo de valor ao seu negócio.

Resumindo, para criar os melhores vídeo tutoriais, responda às perguntas abaixo antes de partir para o próximo passo:

  • Quem é o seu público? Tenha as informações demográficas do seu público, como idade, escolaridade e organizações profissionais e, em seguida, entenda seus objetivos, interesses e preocupações.
  • Qual é o seu assunto? Você deve ter apenas um tema por vídeo. Restringir o assunto o ajudará a criar vídeo tutoriais mais focados. Descubra o objetivo de aprendizagem do seu público e por que as pessoas investiriam o tempo delas assistindo ao seu vídeo.

Passo 2. Escreva um roteiro e crie um storyboard como esboço

Roteiro

Após determinar o seu público e o assunto, você pode começar a escrever um roteiro e criar um storyboard para visualizar como será o seu tutorial.

Ter um roteiro minucioso ajuda a manter a sua fala no caminho certo, poupando o tempo dos seus espectadores e o seu próprio.

Aqui estão algumas dicas de como escrever um roteiro para os seus vídeo tutoriais:

  • Use uma linguagem simples e evite gírias. Fale com um tom amigável.
  • Tente obter feedback sobre o seu roteiro para criar uma versão melhor.
  • Leia o seu roteiro em voz alta antes de começar a gravar – pratique, pratique e pratique.
  • Diga o que você está fazendo e por que está fazendo em vez de apenas dizer algo como: “Então eu clico aqui. Em seguida, eu clico aqui.”

Storyboard

Criar um storyboard antes de gravar o seu vídeo pode ajudá-lo a visualizar o que você pretende mostrar nele.

Os desenhos do seu storyboard não precisam ser elaborados. Esboços rápidos e desenhos simples são suficientes. Você só precisa entender cada cena e planejar bem o seu tutorial. Para tutoriais de gravação da tela, utilize capturas de tela para planejar o que você exibirá durante a sua narração.

Ao planejar o que exibir e o que dizer, você enfrentará menos problemas durante a gravação do seu vídeo tutorial.

Passo 3. Escolha as ferramentas certas

É essencial escolher as ferramentas certas para criar um vídeo tutorial de qualidade.

Garanta a qualidade do áudio com um microfone externo

Se você pretende criar regularmente vídeos de gravação da tela, vídeos de treinamento ou guias do tipo how-to, o ideal é investir em um microfone USB. Os microfones integrados em laptops não são capazes de captar um som de qualidade.

Sua narração pode apresentar ruídos mesmo com um microfone USB. Por essa razão, nós também veremos alguns softwares que você pode usar para reduzir o ruído e remover momentos de silêncio e erros de gravação. Basta continuar até o final para aprender tudo o que precisa saber para criar vídeo tutoriais online.

Escolha um software de gravação de tela

Gravação de tela é uma das opções mais populares para vídeo tutoriais. Um tutorial com gravação de tela é um vídeo educacional feito a partir de uma gravação da tela com um software de gravação (screencasting).

A maioria dos serviços SaaS utiliza gravações da tela para mostrar aos usuários os recursos do serviço e explicar passo a passo como realizar certas tarefas no software.

E qual é o melhor software para criar vídeo tutoriais?

Alguns dos softwares de gravação de tela mais populares incluem Loom, Camtasia, OBS Studio e Snagit.

Equipamentos para vídeos de treinamento

  • Iluminação correta
  • Tripé
  • Smartphone/câmera
  • Um plano de fundo limpo

Passo 4. Escolha o local certo para gravar

Tente escolher o local certo antes de começar a gravar o seu tutorial.

Evite ambientes barulhentos ou lugares que produzam eco. Você não quer que os seus espectadores ouçam vozes e ruídos no fundo. Escolha um lugar com uma boa acústica para que você possa poupar tempo durante a edição final.

Ao gravar a tela do seu computador, certifique-se de esconder todos os seus dados privados. Controlar o seu ambiente de gravação com antecedência pode poupar muito tempo na pós-produção.

Passo 5. Ensaie o roteiro

Ensaie o seu roteiro após concluir todas as tarefas acima.

Ligue o microfone no seu computador, mantenha o roteiro na sua frente e comece a praticar.

A forma com que você fala é muito importante em vídeo tutoriais.

  • Mantenha o seu microfone na posição certa.
  • Não fale muito devagar ou muito rápido. Encontre o ritmo de fala ideal.
  • Ouça a sua voz. Ela soa monótona, cansada ou impaciente? Se sim, tente novamente.
  • Mantenha o mesmo ritmo ao longo do vídeo.
  • Tente soar natural, sem que pareça que você está lendo o roteiro.
  • Anote os pontos em que você tiver problemas durante o ensaio e resolva-os.

Passo 6. Grave a narração

Alguns softwares de gravação de tela contam com um recurso de gravação de voz. Mas se quiser editar as suas narrações separadamente e com mais detalhes, você pode usar uma ferramenta gratuita como o Audacity.

  • Encontre as partes em que você disse “an…”, “hmm…” ou “é…” e os momentos estranhos de silêncio e apague-os.
  • Continue sempre gravando, mesmo após cometer um erro. Não comece do zero. Basta repetir e continuar a partir da última frase correta para poupar o seu tempo.
  • Corte os erros em uma ferramenta de edição de narração quando terminar de gravar.
  • Remova os ruídos do seu áudio.

Passo 7. Grave a sua tela

O próximo passo do processo de criação de vídeo tutoriais é gravar a sua tela com precisão.

Para começar, feche os aplicativos desnecessários e esconda os seus dados pessoais. É melhor desligar as notificações para evitar que elas apareçam na sua tela durante a gravação.

Pratique um passo a passo do que você mostrará na tela para movimentar o cursor do mouse com mais tranquilidade.

Em seguida, abra o gravador de tela e comece a gravar como você praticou. Se ocorrer algum problema, é só pausar o vídeo e começar a partir desse ponto. Lembre-se de que você sempre pode editar a gravação depois.

Dica: você pode adicionar a gravação de uma webcam ao seu vídeo tutorial para engajar mais com o público e criar uma conexão.

Passo 8. Edite o vídeo

Você não precisa ser um editor de vídeo profissional, ter ferramentas caras ou muito conhecimento para criar bons tutoriais.

Basta cortar os erros no vídeo e excluir o que foi gravado antes do início e depois do fim do tutorial. Após terminar de editar, adicione o áudio. Verifique se o áudio está sincronizado com a imagem; para isso, você pode usar algumas técnicas, como ajustar a velocidade do vídeo.

Alguns exemplos de edições simples:

  • Se você precisa de mais tempo para explicar algo, mas não consegue sincronizar a narração com a imagem, corte o vídeo, estenda o trecho em questão e congele a imagem até que tudo esteja sincronizado.
  • Acelere as partes chatas ou simplesmente corte-as.
  • Mude o foco dos espectadores usando animações e zoom nas partes mais importantes do vídeo.

Passo 9. Adicione uma introdução ao seu vídeo

Uma introdução chama a atenção dos espectadores e os conduz até o seu conteúdo.

Mas não exagere na sua introdução. Mantenha as coisas simples e focadas, pois os espectadores se importam mais com o que você prometeu lhes ensinar, não com a sua introdução.

Uma boa introdução simplesmente explica o que o público poderá aprender com o vídeo e apresenta as bases do assunto.

Alguns gravadores de tela como o Camtasia contam com templates de animações que você pode usar nas suas introduções. Embora não seja obrigatório, adicionar uma música à sua introdução também é uma boa forma de torná-la mais interessante e divertida.

Você pode escolher uma música animada e positiva para os seus vídeos de passo a passo ou videoaulas. Dessa forma, os espectadores vão aproveitar o momento e se sentir positivos enquanto aprendem.

Passo 10. Compartilhe o seu vídeo tutorial com o mundo

Por fim, chegou a hora de pensar sobre onde você compartilhará o seu vídeo. Você pode compartilhar o seu vídeo tutorial em uma plataforma de vídeos como YouTube ou Vimeo ou também pode salvar em um arquivo local para compartilhar nas redes sociais.

Recomendamos que você peça feedback para algumas pessoas antes de compartilhar o seu vídeo online com todo o mundo.

Conclusão

No mundo acelerado de hoje, vídeo tutoriais são a principal fonte de informação de qualquer pessoa.

Dito isso, você deve planejar bem os seus vídeos e seguir as dicas acima para produzir excelentes vídeos de treinamento, vídeos de gravação de tela, vídeos passo a passo ou qualquer outro tipo de vídeo educacional.

Junte-se a 9.000+ equipes que já estão criando experiências melhores

Teste gratuito de 14 dias, com mais 30 dias de garantia de dinheiro de volta

Share this article:

Selman Gokce

Selman Gokce is the Senior Inbound Marketer of UserGuiding. He is highly invested in user onboarding and digital adoption, especially for SaaS, and he writes on these topics for the UserGuiding blog. When he's not writing, you can find him either listening to LOTR soundtracks while cooking or getting angry because he lost in a video game.