6 Exemplos Ruins de UX que Você Deve Evitar

Eu serei direto.

A Experiência do Usuário (UX) é o fator que mais afeta o seu crescimento. Se você quer que o seu produto tenha sucesso, então é preciso melhorar e otimizar a experiência dos seus usuários, pois a satisfação dos seus usuários é o que determina o seu sucesso geral.

Há dezenas de exemplos ruins de UX que impedem produtos famosos de serem perfeitos.

Alguns produtos se tornam tão populares que os seus usuários não deixam de usá-los por conta dos seus problemas. Por conta disso, pode parecer que eles estão saindo ilesos dessa.

No entanto, você não pode correr o risco de criar um UX ruim. Se os seus usuários tiverem dificuldade de conhecer o seu produto e usá-lo regularmente, então eles trocarão facilmente para outra solução.

Embora seja útil apontar os erros dos seus concorrentes para, digamos… roubar seus clientes, é extremamente importante aprender com os erros de UX cometidos por eles. Aqui estão seis exemplos ruins de design que você deve reconhecer e evitar.

Antes de continuar lendo, você já deu uma olhada na nossa lista das melhores ferramentas para designers de UX? Se não, clique aqui para acessar a lista completa das melhores ferramentas de UX.

1) Você está torturando os seus usuários por dinheiro?

O caso: não podemos negar que anúncios representam uma das principais fontes de receita para os criadores de produtos digitais. Acontece que alguns sites e apps usam esse recurso para enganar os usuários e obter cliques. Mas a que custo?

bad ux examples adverstisements

Por que é um UX ruim: quando um usuário clica para abrir o link de uma página que ele quer ver, aparecem inúmeros anúncios. O maior problema é que às vezes, ao clicar no “X” para fechar o anúncio, ele exibe mais um anúncio ao usuário. É como se os designers estivessem zombando das habilidades de comunicação do usuário para ganhar alguma competição de pegadinhas. Não espere que seu produto tenha sucesso ao integrar esse tipo de fluxo, pois seus usuários logo deixarão de usá-lo após passarem por essa tortura.

2) Mensagens apagadas no WhatsApp

O caso: o WhatsApp é famoso pelas suas mensagens criptografadas e por outras questões de segurança. No entanto, talvez seus designers sejam honestos demais quando você envia uma mensagem acidentalmente ou simplesmente se arrepende dela. No WhatsApp, ao tentar apagar sua mensagem para todos, o app só esconde o conteúdo e apresenta para ambas as partes um aviso: “Esta mensagem foi apagada”.

bad ux examples whatsap

Por que é um UX ruim: logo, o outro lado fica ciente da existência da mensagem de qualquer forma. Sendo bem sincero, ele não está apagando, mas apenas escondendo o conteúdo. Se você está oferecendo aos seus usuários um recurso, tente fornecê-lo adequadamente. Até mesmo grandes empresas às vezes se esquecem disso e acabam exibindo designs terríveis aos seus usuários.

3) Espera aí, não é isso que eu quero!

O caso: digamos que você esteja procurando por um PDF online ou talvez esteja tentando acessar uma página de interesse. Alguns sites aparentam estar oferecendo o link desejado, pois os caracteres estão em negrito, itálico ou sublinhados. Parece ótimo.

bad ux examples download

Por que é um UX ruim: no entanto, após canalizar todas as suas esperanças e clicar no link, você percebe que o link não é nem clicável. Ou pior: o link leva para uma página irrelevante. Os criadores dessa enganação devem questionar seus métodos de obtenção de cliques. Caso contrário, sua marca tenderá a perder cada vez mais valor.

4) O clássico clickbait

O caso: sabe quando você está descendo pelo seu feed em alguma rede social e, de repente, se depara com uma manchete escandalosa? Você pode até abrir a notícia, mas isso não significa que não ficará decepcionado com o resultado se você for redirecionado para outro tipo de conteúdo.

bad ux examples clickbait

imagem retirada de medium.com/@TheLeith/can-you-spot-a-fake-news-story-how-clickbait-got-nasty-cb12ef1d065a

Por que é um UX ruim: você provavelmente abriu o link porque queria entender melhor o que leu na manchete. A grande prioridade dos designers é chamar a atenção dos usuários. O campo de UX design foi criado justamente para erradicar as motivações desses falsos “designers”. Você não está apenas exibindo um péssimo exemplo de UX, mas também está mentindo para os seus clientes.

5) Parece bom, mas o que exatamente isso faz?

O caso: a maioria dos usuários valoriza a apresentação do que é oferecido a eles. Cores, formatos, fontes e muitas outras coisas são fundamentais. No entanto, você pode acabar acessando uma página com um bom visual, mas que não consegue entregar a mensagem como deveria.

bad ux examples value

Por que é um UX ruim: se você tiver dificuldade para entender uma página, então claramente temos um exemplo ruim de UX. Embora um design mais artístico seja interessante, isso não é mais importante do que praticidade e usabilidade. Em sua maioria, as ideias por trás do UX design exploram a interação dos usuários com um determinado produto. Embora seja uma grande vantagem ter um design incrível, se ele não for capaz de conduzir os usuários até seus momentos “Aha!”, então o produto dificilmente terá sucesso.

Clique aqui para aprender o que são momentos “Aha!” e como encontrá-los.

6) Estamos aproveitando todo o potencial do Spotify?

O caso: o Spotify é um produto de sucesso, sendo amado por milhões de usuários em todo o mundo. No entanto, alguns usuários não entendem alguns dos seus recursos, principalmente o recurso de podcasts. Muitos usuários não aproveitam todo o potencial do aplicativo.

bad ux examples spotify

Por que é um UX ruim: quando um produto é cheio de recursos úteis, mas seus usuários não conhecem bem todos eles, então temos uma experiência ruim de UX. Você precisa conhecer o seu usuário e fornecer a ele um caminho fácil para os seus recursos. Se ninguém souber que eles existem, então para que servem esses recursos?

Para superar esses problemas de adoção de produtos e recursos, trabalhar com um software de onboarding pode ser a solução ideal para você. Aprenda tudo sobre a adoção de produtos aqui.

Além disso, clique aqui para entender exatamente como uma ferramenta de user onboarding pode ajudar você a aumentar o sucesso do seu cliente.

Uma boa experiência de UX fornece ao seu público uma razão válida para usar um produto. Conheça o seu público e recorra às suas preferências para não acabar entrando em uma lista com esta. Além disso, testar algumas funções com os usuários pode ajudar muito os designers de UX. E talvez eles possam criar pontos de feedback de fácil acesso para que os usuários possam acessar e tirar o máximo de proveito.

A good UX experience gives your audience a valid reason to use your product. Know your audience and appeal to their preferences to avoid ending up in lists such as this one. You can learn from these bad UX examples and avoid them in your future designs. Also, testing some functions on users can be of great help for UX designers. And maybe they may create an easily accessible feedback points for users, and try to get the most out of them.


Perguntas Frequentes


O que é UX?

A Experiência de Usuário (UX, na sigla em inglês) é o conjunto de pensamentos e emoções de um cliente ao usar um determinado produto.


Por que ter um bom UX é importante?

Um bom UX significa que os seus clientes estão satisfeitos com o que você oferece. Quando os seus clientes estão satisfeitos, isso aumenta as chances de crescimento do seu produto.


“Clickbaits” são exemplos de um péssimo UX?

Sim, usar clickbaits é uma das piores coisas que um designer de UX pode fazer. Além de oferecer um péssimo UX, você ainda estará mentindo para os seus clientes.

Junte-se a mais de 10 mil equipes que já estão criando experiências melhores

Teste gratuito de 14 dias, com mais 30 dias de garantia de dinheiro de volta

Share this article:

Selman Gokce

Selman Gokce is the Senior Inbound Marketer of UserGuiding. He is highly invested in user onboarding and digital adoption, especially for SaaS, and he writes on these topics for the UserGuiding blog. When he's not writing, you can find him either listening to LOTR soundtracks while cooking or getting angry because he lost in a video game.